Como precificar seus serviços de Consultoria ou Agência

Como precificar seus serviços de Consultoria ou Agência

Um dos desafios que mais tiram o sono de profissionais em diversas áreas é o momento de precificação de seus serviços.

Como consultor, free lancer ou gestor de agência, é parte incontornável de suas tarefas montar propostas comerciais, apresenta-las aos potenciais clientes, negociar contrato… a precificação é parte integrante destas atribuições e costuma dar um baita frio na barriga!

“Será que está muito caro ou muito barato? Será que consigo pedir um pouco mais? Será que vão me excluir por conta do preço, sem nem uma segunda chance?” – essas são algumas das perguntas que certamente já povoaram sua mente antes de colocar o preço numa proposta de trabalho, certo?

Para ajuda-lo, selecionei quatro abordagens que serão úteis para guia-lo na concepção do preço de seus serviços. Todas elas são descritas no vídeo Como Precificar Seus Serviços, voltado para consultores, agências, frilas, mas certamente útil para outras áreas/profissionais como o segmento de coaching e de treinamento, por exemplo.

Em suma, há duas metodologias mais propíciais para quem atende micro e pequenas empresas (ou qualquer organização/setor muito sensível a preço). Uma terceira abordagem é particularmente útil para aqueles que estão ingressando na carreira de consultoria ou começando sua agência. Ou seja, estão nos primeiros passos como profissionais independentes ou empreendedores. Por fim, a quarta metodologia é mais indicada para quem atua junto a empresas que não se importam tanto com o preço, mas sim com aspectos como segurança, qualidade e marca. Estas costumam ser grandes empresas ou com recursos financeiros mais disponíveis.

Assista ao vídeo Como Precificar seus Serviços a seguir:


 

E você? Qual abordagem costuma utilizar? Como tem sido seus resultados? Acha que vale tentar uma nova metodologia?

Compartilhe:
Compartilhe:
Fechar Menu