3 formas de salvar sua Empresa com Marketing

3 formas de salvar sua Empresa com Marketing

O Marketing é essencial para a sobrevivência de qualquer empresa. Muitas vezes, é a cura para uma empresa à beira da falência – por isso é vital saber fazer e aplicar de maneira correta

Toda empresa trabalha com Marketing. Pode parecer exagerado, pode ser que os donos ou funcionários não tenham consciência, mas a verdade é irrefutável: qualquer empresa trabalha com e depende de Marketing.

Neste artigo/vídeo, explico três formas que o Marketing pode te ajudar a sobreviver, a prosperar, e mesmo salvar a sua empresa – principalmente no momento caótico em que estamos vivendo.

1. O foco não é atrair mais clientes… é manter os que você já tem

Esta alternativa tem sólido respaldo científico e é bem aprovada pelos profissionais de Marketing em diversos contextos. Na conjuntura atual, essa diretriz se faz ainda mais necessária.

Manter seus clientes atuais felizes e satisfeitos, é muitas vezes mais recompensador do que buscar por novos clientes.

Entenda: as empresas estão com dificuldades, estão com problemas. Muitas estão fechando. Os consumidores, preocupados com o futuro, reduzem seus gastos ao máximo. Portanto, a decisão mais sábia é a de focar em reter seus atuais contratos, em detrimento de enveredar esforços em captar novos.

2. No Marketing, tudo gira em torno de seu primary customer: seu principal cliente

Muitos confundem quem é o cliente principal. Isso tem altas consequências no Marketing e, certamente, na sobrevivência da empresa.

O cliente principal representa o segmento de clientes que devem ser o foco de todas as iniciativas da empresa. É imprescindível que toda decisão, antes de ser tomada, não apenas considere este segmento, mas seja direcionada ao bem dele. 

Nada mais é importante antes de tratar o principal cliente bem – e essa questão deve ser bem elucidada em toda a organização, até mesmo os departamentos que, de início, não são (não se enxergam como) diretamente ligados ao Marketing.

Um exemplo é a Amazon: seu cliente principal não é o consumidor final, e sim os revendedores parceiros. O bem deles é a prioridade da empresa – pois são eles que a sustentam e a tornam “a loja perfeita para cada pessoa”.

3. O Marketing deve permear TODA a empresa

inovacao-e-marketing

A frase de Peter Drucker é o conselho mais valioso: o Marketing deve fazer parte de TODA a empresa. 

É essencial que o Marketing esteja presente em todas as ações, atitudes, ideias e apostas – literalmente, permear toda a organização.

Independente da função do profissional (finanças, projetos, TI, RH…), ele deve pensar em como as suas atividades favorecem a atração e a manutenção de clientes. 

Esta mentalidade é fundamental – desde o CEO até o estagiário contratado ontem – mas também é muito difícil de se cumprir, de se colocar em prática. Vender internamente o Marketing é um processo que leva tempo, treinamento e muitas análises.

 

Gostou do tema? Espero que esse artigo tenha ajudado e te inspire a oferecer, cada vez mais, um atendimento de qualidade. Caso queira compartilhar sua opinião ou falar sobre outros assuntos, não hesite em entrar em contato comigo pelos meus perfis nas redes sociais (LinkedinFacebook e Instagram), ou pelo meu formulário de contato no Blog. Estarei à disposição para lhe ouvir e ajudar!’

Deixe uma resposta