O perfil ideal do Consultor de Marketing

O perfil ideal do Consultor de Marketing

Qual é o perfil ideal de um Consultor de Marketing? Quais habilidades devo desenvolver? O que é preciso para ter uma postura exemplar?

Parece bobo iniciar um texto ressaltando as individualidades… Mas é importante entender que cada profissional, independente do mercado, enfrenta situações cotidianas à sua maneira. 

As particularidades são, de fato, a soma de experiências pessoais e profissionais – e refletem em outros âmbitos de seu trabalho, como a comunicação, a metodologia utilizada, resolução de conflitos etc.

Esta diversidade resulta no desenvolvimento de inúmeros perfis em qualquer mercado – principalmente o da Consultoria de Marketing que, por si só, já abre um leque de várias perspectivas.

Todavia, mesmo diante de suas incontáveis possibilidades, uma carreira de sucesso na Consultoria de Marketing demanda do profissional a junção de algumas competências. No artigo/vídeo de hoje, trouxe as três principais delas.

Antes de tudo – importantíssimo!

Para ser um Consultor de Marketing, você precisa ter domínio sobre Marketing. Não há discussão aqui.

Como você poderia prestar o serviço de Consultoria de Marketing sem saber, sem conhecer, exatamente o que está fazendo? Sem uma base sólida para se amparar?

Por isso, é primordial que o Consultor de Marketing estude, compreenda e aplique os conceitos de Marketing a partir de uma perspectiva efetiva, com fundamentos seguros.

Agora, sem mais delongas, vamos às competências…

1. Empatia

O Consultor de Marketing precisa ter empatia: a habilidade de se colocar no lugar do outro

De fato, partimos do princípio de que o Consultor deve compreender o lado do cliente, mas não apenas imaginando situações hipotéticas.

Outra maneira de exercitar a empatia é, por exemplo, escutando ativamente o contratante. A escuta ativa é necessária não apenas para compreender as necessidades mais profundas do cliente, mas também para direcionar os conselhos e recomendações do Consultor – um dos fundamentos de seu papel na Consultoria.

Em momentos difíceis, como uma renovação de contrato, o cancelamento de serviço ou até mesmo no momento de criticar os “filhos” do cliente – que situações cotidianas do Consultor de Marketing -, a escuta ativa pode te oferecer recursos para amparar e melhorar a sua comunicação.

 

2. Flexibilidade

Prioridades conflitantes e mudanças nas atividades são inerentes ao cotidiano de um Consultor de Marketing: o cliente sempre terá novas ideias, palpites e questionamentos. 

Não é incomum que o planejamento se altere ao longo das semanas, dias ou até mesmo durante uma reunião. Portanto, é extremamente necessário que o Consultor saiba com quais prioridades ele deve lidar – e quais ele pode deixar passar

Além disso, a flexibilidade é uma grande aliada no que tange ao gerenciamento das relações entre cliente e agência. Inúmeras e infinitas vezes, o cliente vai tentar o contato em momentos inoportunos ou até mesmo em dias de descanso, como fins de semana ou feriados. 

Nesses momentos, por exemplo, o Consultor terá que entender quando é possível adiar as atividades ou quando o problema, a dúvida, devem ser prontamente resolvidos.

Tenho um vídeo, antigo (ainda tinha cabelos pretos!) mas muito interessante sobre a importância da flexibilidade para o Consultor de Marketing > assista aqui.

 

3. Gestão

A competência de gerir corretamente o seu trabalho se divide principalmente em dois espectros: gestão de relacionamentos e gestão de projetos

Na gestão de relacionamentos, podemos incluir todas as pessoas – clientes, equipes, funcionários, fornecedores e outros stakeholders seus ou do cliente – que estão na órbita do Consultor de Marketing.

Já a gestão de projetos se refere ao conhecimento das ferramentas – virtuais ou táticas – que auxiliam na organização do seu trabalho e facilitam o entendimento do cliente sobre o que você está fazendo.

Desse modo, tanto o planejamento quanto o seu relacionamento com o cliente são melhorados: o  trabalho torna-se mais fluido e o cliente passa a confiar mais nas orientações e métodos do Consultor.

 

Gostou do tema? Espero que esse artigo tenha ajudado e te inspire a oferecer, cada vez mais, um atendimento de qualidade. Caso queira compartilhar sua opinião ou falar sobre outros assuntos, não hesite em entrar em contato comigo pelos meus perfis nas redes sociais (LinkedinFacebook e Instagram), ou pelo meu formulário de contato no Blog. Estarei à disposição para lhe ouvir e ajudar!